chico@chicoamaral.com.br 
Inicio
Discografia | Letras
Música: Amolação
Álbum: Calango | Skank
Letra: Samuel Rosa - Chico Amaral
Ano: 1993
Álbum: Calango

Letra

Deus lá de cima sabe muito bem
Qual a minha sina: o que que me convém
Bicho do mato ela veio comigo
Teve ninho, carinho, broa, abrigo

Labutei na roça, labutei no milharal
Labutei passando bem
Labutei passando mei mal
Bruma no cerebro dela de repente
Brus tão brusca, brus bruscamente

Que amolação, que amolação
Meu Deus essa mulher só me deu amolação.

Deixa de gostar, deixa de me tratar bem
Começa a gostar de deixar de me tratar bem
Manha manhosa, nhem nhem nhem
Eu só penso nela, ela só pensa em se mudar

Quanto mais eu brigo mais me grudo aqui
Quanto mais eu fujo mais eu tô apaixonado
Bruma no cerebro dela de repente
Brus tão brusca, brus bruscamente

Que amolação, que amolação
Meu Deus essa mulher só me deu amolação.

Dois guris dos oito que a gente tem
Ela apanhou na rua com alguém
Mesmo assim eu fui pai pros pobrezinhos
Na lei da humildade conforme Jesus Cristo

Mas vem esse odio em câmera lenta
Brr a serpente pinotiza e me tenta
Eu procuro uma razão em cada ato meu
Deve ser my own fault, deve ser só eu

Que amolação, que amolação
Meu Deus essa mulher só me deu amolação
.




 






Página Inicial