chico@chicoamaral.com.br 
Inicio
Discografia | Letras
Música: Ficção Barata
Álbum: Fime Imaginário | Rebertinho Brant
Letra: Robertinho Brant - Chico Amaral
Ano: 2007
Álbum: Fime Imaginário

Letra

Um romance fictício
Eu e ela
No perigo das esquinas
Da cidade
A tarde como ópio
Nos envolveu
Com seu manto barato

Ela fica mais bonita
Quando mente
Eu não tenho mais saída
Finalmente
Lá fora os homens perdem
Sua razão
Feito donos do coração

A lua se acendeu
Do outro lado
E na penumbra desse hotel
Ela me mostra outro céu

E a tarde preciosa
Nos envolveu
Com seus beijos de seda

Ela finge que o desejo
Não é nada
Ela é como o sol que acende
Minha estrada
E eu espero sempre
E ainda mais
Pra tocá-la no coração

A lua se acendeu
Daquele lado
E na penúria desse hotel
Ela me leva a outro céu




 






Página Inicial